Make your own free website on Tripod.com
Ramalho Ortigão


TELES, D. Leonor

Nasceu em Trás-os-Montes, por volta do ano de 1350 e faleceu em Valhadolide em 27.4.1386. Foi rainha de Portugal, entre 1372 e 1383. Era sobrinha de D. João Afonso Telo, conde de Barcelos, descendia por seu pai de Fruella II, de Leão e Galiza e, por sua mãe de Teresa Sanches (filha bastarda de D. Sancho I). Casou, ainda muito nova, com João Lourenço da Cunha, filho do morgado do Pombeiro, de quem teve um filho: Álvaro da Cunha. Numa altura em que visitou a irmã Maria Teles, dama da infanta D. Beatriz, seduziu D. Fernando. Baseada em razões de parentesco, foi obtida a anulação do casamento de D. Leonor Teles. O povo não gostou e o resultado foi a perturbação social e política que gerou um clima de insegurança total. O casamento deu-se em Leça de Balio, secretamente, em 15.5.1372. Em meados de Fevereiro seguinte nascia D. Beatriz. Temendo o prestígio do Infante D. João que casara com sua irmã Maria de Teles, concebeu o plano de casar o Infante com sua filha D. Beatriz. Mas para isso era preciso eliminar Maria Teles, o que ela urdiu raivosamente. D. João foi exilado. Com a morte de D. Fernando (em 22.10.1383) assumiu ela a regência do reino e passou a viver, maritalmente, com o seu amante, o conde de Andeiro. Essa ligação desagradou ao povo e à nobreza que desaguou na morte do conde de Andeiro e na fuga da rainha para Castela. O genro, internou-a no Mosteiro de Tordesilhas, perto de Valhadolide, onde viria a falecer.

Questions or Comments Please E-mail: Webmaster
Copyright © 2000 Albri Software Designer. All rights reserved.